Por Sávia Barreto 

Já circula entre os vereadores de Teresina uma provável lista das bancadas no legislativo municipal após a eleição de 2022. Nesse caso, as mudanças de partido acontecerão visando o pleito de 2024, ou seja, só poderão ser efetivadas com a liberação das siglas ou na janela partidária aberta apenas no ano da eleição. 

Jeová Alencar e Enzo Samuel - Foto: DivulgaçãoJeová Alencar e Enzo Samuel - Foto: Divulgação

Os vereadores calculam que o Republicanos, sigla do prefeito Dr.Pessoa, fique com a maior bancada da Casa, mas o PDT, de Evandro Hidd, Enzo Samuel e Alan Brandão pode ser uma segunda via para filiação de vereadores. Isso porque se Rafael Fonteles ganhar, Enzo Samuel será um presidente da Câmara fortalecido. 

Se Sílvio Mendes vencer, a ponte será feita com Evandro Hidd e Alan Brandão. Assim, em ambos os contextos, o PDT pode atrair vários vereadores, inclusive aqueles que estão hoje dialogando para se filiar ao Republicanos.

Depende

“É importante diferenciar se o espaço é referente a ser base na votação na Câmara ou se é pra ser na Câmara e apoiar a reeleição do prefeito Dr.Pessoa”, afirmou vereador em conversa com a coluna, pedindo reserva. Ou seja, o apoio completo depende do tamanho da popularidade e das chances de reeleição do prefeito em 2024.