Se Julian Lemos perder força, atrapalha piauienses

Ele foi a porta de entrada no partido de nomes do PSL no Estado

Choque com o filho do futuro presidente (Crédito: reprodução)
Choque com o filho do futuro presidente (Crédito: reprodução)


Por Arimatéa Carvalho

O atrito entre o deputado federal eleito Julian Lemos (PSL-PB) e o
filho do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), vereador Carlos Bolsonaro, que trocaram farpas pelas redes sociais, pode ter reflexos no Piauí.

É que o presidente do PSL no Estado, empresário Fábio Sérvio, foi apresentado ao partido através do próprio Julian, por meio de uma iniciativa do major Diego Melo. Depois, por meio de Julian houve o contato direto com o então pré-candidato Jair Bolsonaro.

A advogada Rubenita Lessa também é ligada ao grupo de Julian Lemos. Para recapitular, o filho de Bolsonaro disse que Julian não é e nunca foi coordenador do pai dele no Nordeste. Julian respondeu pelas redes sociais, reafirmando sua proximidade com Bolsonaro Pai.

Agora, há um compasso de espera para saber se Bolsonaro vai se meter na briga e fortalecer Julian ou ficar do lado do filho, enfraquecendo a influência de Julian. Se isso acontecer, também pode enfraquecer o poder políticos dos nomes locais ligados a ele no futuro governo.






logomarca do portal meionorte..com