Neste domingo, o Palmeiras venceu o Guarani por 2 a 0, no Allianz Parque, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Paulista. O jogo teve um significado especial para Abel Ferreira, que ingressou no ranking dos dez treinadores com mais vitórias no estádio alviverde em toda a história.

O triunfo sobre o Guarani foi o 28º em que Abel esteve à beira do campo no Allianz. O português divide a oitava posição da lista histórica com Aymoré Moreira, Mário Travaglini e Matturo Fabbi.

Abel é soberano quando o recorte é apenas o Allianz. Desconsiderando o antigo Palestra, o português é o treinador que mais vezes comandou o time no estádio (46 partidas) e mais vitórias conquistou.

Abel Ferreira vem se destacando à frente do Palmeiras. (Foto: Reprodução-Twitter-@Palmeiras)Abel Ferreira vem se destacando à frente do Palmeiras. (Foto: Reproduçã[email protected])

Com o jogo deste domingo, Abel superou Dudu, com quem estava empatado com 45 partidas, e se isolou na sétima colocação do ranking de técnicos que mais vezes comandaram a equipe no Palestra. Na liderança dessa lista está Vanderlei Luxemburgo, com 160 jogos.

Veja os dez treinadores que mais venceram à frente do Palmeiras no Palestra:

1º) Vanderlei Luxemburgo, com 122 vitórias

2º) Oswaldo Brandão, com 96 vitórias

3º) Luiz Felipe Scolari, com 85 vitórias

4º) Amilcar Barbuy, com 54 vitórias

5º) Ventura Cambon, com 42 vitórias

6º) Rubens Minelli, com 33 vitórias

7º) Olegário Tolói de Oliveira, o Dudu, com 30 vitórias

8º) Abel Ferreira, Aymoré Moreira, Mário Travaglini e Matturo Fabbi, com 38 vitórias

Desde que estreou pelo Palmeiras, em novembro de 2020, Abel comandou o time palestrino em 105 partidas. Foram 58 vitórias, 20 empates e 27 derrotas. O português ajudou o Verdão a conquistar as duas edições da Libertadores em 2021, a Copa do Brasil da temporada de 2020 e a Recopa Sul-Americana deste ano.

Com o resultado deste domingo, o Palmeiras foi aos 20 pontos, na liderança do grupo C do Paulista. Na próxima quinta, o time disputa o clássico atrasado contra o São Paulo, no Morumbi, às 20h30.