Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros
Memória

Caetano Veloso chega aos 77 anos com mesmo talento e vigor artístico

Caetano Veloso, esse extraordinário músico, cantor e compositor, autor de inúmeras canções imortalizadas no seio da música popular brasileira, completa hoje 77 anos de vida, nascido em Santo Amaro da Purificação, na Bahia, em 07 de agosto de 1942. E nada melhor do que vê-lo beirando os 80 em pleno vigor físico e em plena efervescência como cantor e compositor, sendo celebrado no Brasil e no exterior como ícone do nosso melhor na música popular, criador do Movimento Tropicália, um dos momentos mais importantes para o ambiente musical brasileiro.

Neste dia, no rastro das homenagens que serão prestadas a Caetano, será lançado o single “Como 2 e 2”, na voz da cantora Anna Ratto, uma reinvenção da canção composta por Veloso em 1970, quando ele se encontrava no exílio, em Londres. Esse relançamento estilizado foi idealizado pelo guitarrista JR Tostoi, em que o arranjo de tom noise valoriza a regravação da cantora e tem, ainda, Marcelo Vig como baterista. Tostoi e Vig são os produtores musicais de “Tantas”, coeso álbum da discografia de Anna Ratto. O relançamento em homenagem a Caetano ganha ainda mais significado por estar a música sensivelmente sintonizada com o momento político do Brasil. Como 2 e 2 é uma das músicas de Caetano Veloso que mais vem ganhando abordagens nos últimos tempos.

“Como 2 e 2” havia ganho novamente a voz de Roberto Carlos no último especial de fim de ano do cantor – intérprete original da música, em gravação de 1971 feita na cadência do blues – e foi incluída por Ney Matogrosso no show da corrente turnê Bloco na rua. 

Caetano é autor e cantor de inúmeros e grandiosos sucessos da MPB, como “O Leãozinho”, “Você é Linda”, “Sampa”, “Menino do Rio”, “Alegria, Alegria”, “Terra”, “O Quereres”, “Oração ao Tempo”, “Tigresa”, “Podres Poderes”, “Vaca Profana”, “London, London”, entre tantos.

Filho de José Veloso, funcionário dos Correios e Telégrafos, e de Dona Canô, Caetano Veloso com 14 anos foi com a família para o Rio de Janeiro. Estava sempre nos programas de rádio de César de Alencar, Manuel Barcelos e Paulo Gracindo. Em 1960, a família voltou à Bahia, indo morar em Salvador. Nessa época, Caetano Veloso ganhou um violão e passou a cantar com sua irmã Maria Betânia, em bares de Salvador. Ingressou na Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia. Em 1964 participou do show ”Nós, por exemplo”, ao lado de Gal Costa, Gilberto Gil, Betânia e Tom Zé, na inauguração do Teatro Vila Velha.

De volta ao Rio de Janeiro em 1965, Caetano acompanha a irmã, convidada para participar do show Opinião. Nesse ano, compõe “Boa Palavra”, que é interpretada por Maria Odete e classifica em quinto lugar no II Festival de Música Popular Brasileira da TV Record.

Em 1967, ao lado de Gal Costa, Caetano grava “Domingo”, seu primeiro disco. A música “Alegria, Alegria” é classificada em quarto lugar no III Festival de MPB da TV Record. Em 1967, Caetano Veloso se apresentou no III Festival da Música Popular Brasileira, da TV Record, quando cantou “Alegria, Alegria”, acompanhado pela banda de rock os Beat Boys, incomodando os conservadores, mesmo assim conquistou o 4º lugar, se tornando o marco inicial do Tropicalismo - movimento que participavam Caetano, Gil, Gal, Tom Zé e Torquato Neto, que unia ritmos regionais e guitarras elétricas que transformou a MPB.

Caetano Veloso tem canções em trilhas sonoras de filmes como Hable com Ella, de Pedro Almodover e em Frida, de Julie Taymor. Ao longo de sua carreira, recebeu diversos prêmios, entre eles, o Grammy Award – Melhor Álbum de World Music, com “Livro”, em 2000, Grammy Latino: Melhor Álbum de Cantor: 2007, 2009 e 2013, Grammy Latino – Personalidade do Ano 2012, Grammy Latino – Melhor Canção Brasileira de 2014, com “A Bossa Nova é Foda”, Prêmio da Música Brasil – Cantor 2016, entre outros.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×