Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Michael Jackson ganha prêmios por Thriller,álbum mais vendido do mundo

Em 16 de Janeiro de 1984 o icônico cantor Michael Jackson recebeu nada menos do que sete prêmios por seu álbum Thriller, fato que o transformou no maior premiado por um único trabalho em todo o mundo da música, um reconhecimento conferido pela American Music Awards, uma premiação mundial da música norte-americana, criada por Dick Clark em 1973.

O AMA é uma premiação reconhecida muldialmente, ao lado das premiações Grammy e Billboard. Coincidentemente, Michael Jackson, ainda como strela-mirim, junto com Donny Osmond, participou da co-apresentação da primeira cerimônia de entrega do AMA em 1974.

Thriller, tornou-se o álbum mais vendido mundialmente de todos os tempos, é o sexto álbum solo de Michael Jackson, lançado em dezembro de 1982 pelo selo Epic Records e com a produção do talentoso Quincy Jones, que revolucionou a cultura pop dos anos 80, com seus singles bem executados nas rádios, videoclipes com mega-produções, acessórios no visual e passos introduzindo o “robot” e o “moonwalk”.

Thriller entrou para a história da música sendo o primeiro e único disco a ser mais vendido nos Estados Unidos por dois anos consecutivos (1983 e 1984), classificado pelo Guiness Book of Records como o ÁLBUM MAIS VENDIDO DE TODOS OS TEMPOS, além de ser um dos álbuns mais premiados em todo o planeta.

A data de 21 de fevereiro de 1983 foi marcante, pois Thriller alcançou o primeiro lugar entre os álbuns mais vendidos da parada americana e por lá permaneceu durante trinta e sete semanas consecutivas, tendo sete singles lançados dentre suas nove faixas. Nesse mesmo ano, é lançado o videoclipe da música “Thriller”, com 14 minutos de duração e um recorde de exibição no mundo todo, marcando a geração de muitos, que sentiam um misto de medo e fascinação em assistir a até então inovadora transformação de Michael Jackson em monstro e os zumbis dançantes.

Michael Jackson, celebrizado como ícone incomparável da música Pop, disputando espaço com o Rei do Rock, Elvys Presley, morreu em 25 de junho de 2009, em decorrência de uma causa de uma overdose de anestésicos e sedativos, quando contava apenas 50 anos de idade.

Ano passado, na passagem dos 10 anos de sua morte, recebeu homenagens de fãs em eventos programados durante o dia inteiro em lugares como a Calçada da Fama de Hollywood, onde o chamado rei do pop tem uma estrela, e o cemitério onde ele está enterrado, na Califórnia. Ao mesmo tempo, foi justamente neste ano, por causa do lançamento do documentário Deixando Neverland, em janeiro, que a imagem do cantor voltou a ser arranhada por acusações de abuso sexual de crianças.

A estrela de Jackson na Calçada da Fama de Hollywood continua atraindo uma multidão constante de turistas que fazem selfies, enquanto as lojas de suvenires próximas, os artistas de rua e os estúdios de tatuagens afirmam continuar fazendo bons negócios com a figura de Jackson. Do outro lado da rua, no Museu Ripley, uma estátua do cantor está estrategicamente colocada para atrair os turistas. Funcionários do Madame Tussauds também dizem que a estátua de cera de Jackson continua sendo uma grande atração.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar