Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Queda e explosão do Boeing 727 em Honduras deixa 132 pessoas mortas

Um Boeing 727-200, das companhias aéreas hondurenhas Tan-Sahsa, que estava se aproximando para pouso no aeroporto Toncontin, de Tegucigalpa, em Honduras, iniciou um estranho processo de desmoronamento e colidiu com um pico de 6 mil pés chamado Cerro Hules, a 40 quilômetros ao sul da capital, causando a morte de 132 das 146 pessoas que viajavam a bordo.

Entre os mortos estava o Ministro do Trabalho de Honduras. O acidente aconteceu em 21 de Outubro de 1989. A causa do acidente não era conhecida imediatamente. Dez horas após o acidente às 7h45, equipes de resgate recuperaram 125 corpos dos destroços ainda em chamas.

O major Alejandro Arguello, chefe da aeronáutica civil da Nicarágua, citando os primeiros relatos de testemunhas oculares, disse a repórteres em Manágua: "Aparentemente, parte da fuselagem, o teto do avião, descolou, desmoronou."

Autoridades das companhias aéreas, no entanto, disseram que os ventos fortes podem ter causado o acidente e negaram que o avião se partisse antes de cair. Entre os sobreviventes estava o piloto do avião, Raul Argueta, que sofreu contusões e queimaduras graves, e duas comissárias de bordo.

Os parentes de Argueta o citaram dizendo que ele tentou pousar o avião em um pequeno campo de futebol perto da cidade de Las Mesitas. Autoridades hondurenhas, que consideraram o pior desastre aéreo do país, disseram que um dos gravadores de vôo do avião havia sido localizado.

O voo 414, com destino final de Houston, teve origem em San Jose, Costa Rica. Parou na capital nicaragüense de Manágua antes de seguir para a capital hondurenha. Um morador próximo ao local do acidente disse que o avião estava pegando fogo antes de atingir o chão.

“Vi o avião caindo em chamas. . . e então ouvi um barulho alto à distância ”, disse à Rádio HRN a testemunha Pedro Martinez. Outras testemunhas disseram que o avião cortou uma colina, deslizou cerca de 300 metros e explodiu em chamas.

Jorge Antonio Sierra, um agricultor que testemunhou o acidente e correu para o local, disse que encontrou dois sobreviventes pedindo ajuda. "Uma mulher, cuja perna foi esmagada, morreu depois que ela se afastou cerca de quatro metros das chamas", disse ele.


“O piloto anunciou que, em alguns minutos, chegaríamos a Tegucigalpa”, disse Hernan Madrid, 40 anos. “Entramos em uma nuvem e o avião começou a tremer e caiu. Mais tarde, explosões foram ouvidas. “O que estamos vendo aqui é tremendo. . . uma cena realmente infernal ”, disse Rolando Sarmiento, repórter da Radio HRN. “É uma cena horrível. Os corpos estão por todo o lado. Existem pelo menos 15 corpos completamente carbonizados. ”

Funcionários da torre de controle do aeroporto de Toncontin disseram que ventos invulgarmente fortes estavam soprando enquanto o avião tentava pousar, confirmando o que as autoridades da companhia haviam dito. Segundo uma lista antecipada de passageiros fornecida pela companhia aérea, 11 norte- americanos estavam a bordo do jato, que transportava 138 passageiros e oito tripulantes.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto