Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Sequestro de Boeing e choque com outros 2 aviões mata 128 pessoas

Uma grande tragédia na aviação comercial do mundo aconteceu no dia 02 de Outubro de 1990 - passados hoje 30 anos-, quando um Boeing 737, que operava o voo 8301 da Xiamen Airlines, foi sequestrado, e nas peripécias operadas pelos sequestradores, colidiu com duas outras aeronaves nas pistas do antigo Aeroporto Internacional Guangzhou Baiyun, enquanto tentava pousar. 

A aeronave sequestrada atingiu primeiro um voo 4305 da China Southwest Airlines estacionado , causando apenas danos menores, mas depois colidiu com o voo 3523 da China Southern Airlines , um Boeing 757 que manobrava para decolar, virado de costas. Um total de 128 pessoas morreram, incluindo sete dos nove tripulantes e 75 dos 93 passageiros do vôo 8301 e 46 dos 110 passageiros do voo 3523.

Antes do sequestro e logo depois que a aeronave decolou de Xiamen , Jiang se aproximou da cabine segurando flores. Os seguranças o deixaram entrar; um artigo da Time afirmou que os guardas provavelmente o deixaram passar porque acreditavam que Jiang estava oferecendo flores aos pilotos como um presente do Festival da Lua . O artigo afirmava que, uma vez na cabine, ele abriu a jaqueta para revelar o que pareciam ser explosivos amarrados ao peito. O artigo acrescentou que Jiang ordenou que todos os membros da tripulação deixassem a cabine, exceto o piloto, Cen Longyu, a quem ele ordenou que voasse para Taipei , Taiwan . O piloto não obedeceu, em vez disso continuou em direção ao destino original de Guangzhou . Relatórios da agência oficial de notícias Xinhua não explicaram por que o piloto não atendeu à exigência de Jiang.

A comunicação com o vôo foi perdida. Foi finalmente restabelecido pelo aeroporto de Guangzhou , que autorizou o piloto a aterrisar em qualquer aeroporto disponível, dentro ou fora da RPC. O piloto afirmou que o único outro aeroporto que a aeronave ainda tinha combustível suficiente para chegar era Hong Kong . Os controladores de vôo de Guangzhou concordaram em permitir que o avião pousasse em Hong Kong, reabastecesse e seguisse para Taipei. Jiang recusou-se a permitir isso e ameaçou explodir a aeronave se ela pousasse em Hong Kong. O piloto circulou Guangzhou, tentando argumentar com Jiang. Ele acabou sendo forçado a pousar o avião quando ficou perigosamente sem combustível.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar